Saiba o que é o exame de tireoide 


O exame de tireoide serve para avaliar problemas nessa glândula localizada na parte inferior do pescoço. A principal função dessa glândula é ajudar no controle do metabolismo produzindo o hormônio T3 e T4. Ela age diretamente no coração, no fígado, no cérebro e nos rins. O que afeta o peso, a memória, o crescimento, o desenvolvimento do corpo, o humor, a concentração, entre outros aspectos.  

Sendo assim, este exame é indicado para todas as pessoas, o qual é necessário fazer periodicamente para avaliar os níveis de produção dos hormônios. Avaliando a tireóide é possível notar se a pessoa sofre de hipotireoidismo ou hipertireoidismo, ou até mesmo se os níveis estão normais. Além disso, o exame também aponta causas da disfunção hormonal, assim como os melhores tratamentos para cada caso. 

O mal funcionamento da tireóide pode atingir desde recém-nascidos até idosos, podendo ser desenvolvido em qualquer fase da vida. O tratamento e a mudança de alguns hábitos são formas de melhorar e restaurar o bom funcionamento da glândula.  

Quais são os sintomas do hipotireoidismo? 


O hipotireodismo é quando há falta ou baixa produção dos hormônios para estabelecer um funcionamento adequado do organismo. O exame tireoide é o melhor método para verificar essa condição, porém existem alguns sintomas que devem ser observados, tais como:  

  • Queda de cabelo acentuada; 
  • Dores nos músculos de forma frequente; 
  • Perda de memória; 
  • Prisão de ventre; 
  • Fadiga elevada; 
  • Depressão; 
  • Ganho de peso de forma rápida; 
  • Colesterol alto. 

E os sintomas do hipertireoidismo? 


Ao contrário do hipotireoidismo, o hiper deixa o hormônio estimulador da tireoide alto. Ou seja, há uma produção além do necessário para a manutenção natural do organismo. Veja alguns sintomas comuns:  

  • Insônia e má qualidade do sono; 
  • Nervosismo alto; 
  • Tremores; 
  • Diarreia frequente; 
  • Perda de peso sem motivo; 
  • Arritmia cardíaca.  

 

Como é feito o exame de tireoide? 


Para fazer o exame é necessário agendar em um laboratório de confiança. É necessário informar se faz uso de medicação de forma contínua, como os medicamentos de pressão alta, assim como uso de anticoncepcional ou se está grávida.  

Não é necessário jejum para fazer o exame, não possui nenhuma contraindicação e não exige nenhum preparo específico. A coleta é feita de forma bem rápida, dura menos de 10 minutinhos. A periodicidade do exame irá depender dos seus resultados, quem irá determinar isso será o médico que faz o seu acompanhamento. 

Entendendo os resultados do exame 


Os resultados devem ser observados de acordo com a idade do paciente. Lembre-se que o exame deve ser avaliado sempre por um especialista, tá bom? Veja alguns níveis para servir de base: 

Durante a gravidez 

  • Primeiro trimestre: valores de 0,1 a 3,6 mUI/L = normal 
  • Segundo trimestre: valores de 0,4 a 4,3 mUI/L = normal 
  • Terceiro trimestre: valores de 0,4 a 4,3 mUI/L = normal 

Para menores de 18 anos 

  • 1 semana de vida: valores 15 mUI/L = normal 
  • 2 semana até 11 meses: valores de 0,8 a 6,3 mUI/L = normal 
  • 1 a 6 anos: valores de 0,9 a 6,5 mUI/L = normal 
  • 7 a 17 anos: valores de 0,3 a 4,2 mUI/L = normal 

Para maiores de 18 anos 

  • Valores de 0,3 a 4,0 mUI/L = normal 

Agende seu exame aqui em nosso site e verifique seus níveis de produção dos hormônios. Se você precisa agendar outros exames, veja a aba de exames TGP ou de exames de urina 1. 

Preparação para o exame:


  • Jejum de 4 horas
  • Informar medicamentos em uso. 


Faça sua solicitação

Privacy Preference Center